Título



Add this Smart Layers

Analytics Liga Antiterrorismo

Google+

Pesquisar este blog



Placeat tibi Sancta Trinitas





sábado, 10 de maio de 2014

Pronunciamento de Dilma repercute entre os políticos

(108) Vídeos de Povo Brasileiro


_

(219) TV Revolta

Professora cala políticos ao comentar o estado da educação pública - YouTube

[Novo post] PF identifica quem é um dos autores das ameaças de morte à Joaquim Barbosa. A figura é da Comissão de Ética do PT. Por que eu não estou surpreso?




lucianohenrique publicou: " Segundo a Veja, a PF está atrás de um tal "Antônio Camara", integrante da Comissão de Ética do PT. O detalhe é que Antonio é um dos responsáveis pelas ameaças de morte a Joaquim Barbosa nas tradicionais missões dos membros do MAV na Internet. Leia um " 




Responda a este post respondendo acima desta linha 






Nova publicação em Ceticismo Político 






PF identifica quem é um dos autores das ameaças de morte à Joaquim Barbosa. A figura é da Comissão de Ética do PT. Por que eu não estou surpreso?









Clique para ampliar 

Segundo a Veja, a PF está atrás de um tal "Antônio Camara", integrante da Comissão de Ética do PT. O detalhe é que Antonio é um dos responsáveis pelas ameaças de morte a Joaquim Barbosa nas tradicionais missões dos membros do MAV na Internet. Leia um pedaço da matéria, que pode ser acessada em sua integridade na edição de Veja chegando neste fim de semana às bancas: 


Desde que o julgamento do mensalão foi concluído, em novembro do ano passado, o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, tornou-se alvo de uma série de constrangimentos orquestrados por seguidores dos petistas condenados por envolvimento no maior escândalo de corrupção da história. A chamada "militância virtual" do PT, treinada pela falconaria do partido para perseguir e difamar desafetos políticos do petismo na internet, caçou Barbosa de forma implacável. O presidente do Supremo sofreu toda sorte de canalhice virtual e foi até perseguido e hostilizado por patetas fantasiados de revolucionários nas ruas de Brasília. Os ataques anônimos da patrulha virtual petista, porém, não chegavam a preocupar Barbosa até que atingiram um nível inaceitável. Da hostilidade recorrente, o jogo sujo evoluiu para uma onda de atos criminosos, incluindo ameaças de morte e virulentos ataques racistas.

Os mais graves surgiram quando Joaquim Barbosa decretou a prisão dos mensaleiros José Dirceu, Delúbio Soares e José Genoino. Disparadas por perfis apócrifos de simpatizantes petistas, as mensagens foram encaminhadas ao Supremo. Em uma delas, um sujeito que usava a foto de José Dirceu em seu perfil no Facebook escreve que o ministro "morreria de câncer ou com um tiro na cabeça" e que seus algozes seriam "seus senhores do novo engenho, seu capitão do mato". Por fim, chama Joaquim de "traidor" e vocifera: "Tirem as patas dos nossos heróis!". Em uma segunda mensagem, de dezembro de 2013, o recado foi ainda mais ameaçador: "Contra Joaquim Barbosa toda violência é permitida, porque não se trata de um ser humano, mas de um monstro e de uma aberração moral das mais pavorosas (...). Joaquim Barbosa deve ser morto". Temendo pela integridade do presidente da mais alta corte do país, a direção do STF acionou a Polícia Federal para que apurasse a origem das ameaças. Dividida em dois inquéritos, a averiguação está em curso na polícia, mas os resultados já colhidos pelos investigadores começam a revelar o que parecia evidente. 

Nada disso me surpreende depois que comecei a estudar o fenômeno esquerdista (especialmente a extrema-esquerda) pela mesma ótica com que se estuda o comportamento dos psicopatas. Em cima deste tipo de estudo - que vai desde obras como "Ponerologia Política", de Andrew Lobaczewski, até "Without Conscience", de Robert Hare (talvez o maior especialista em estudo sobre psicopatas no mundo) - podemos rastrear um padrão comportamental claro. A esse padrão dou o nome de moral psicopática. 

Especialmente após Lobaczewski, o mais interessante é descobrir que não é preciso que alguém seja um psicopata (em termos clínicos) para se comportar exatamente como um. O fenômeno da histeria faz com que alguém copie discursos e ações de seus líderes. O resultado disso é a criação de um número enorme de pessoas agindo feito psicopatas, mesmo que clinicamente saibamos que o número de psicopatas clínicos ficam por volta de 2% da população. 

Alguém me pergunta: o que muda com essa constatação? Muda absolutamente tudo em termos de como os tratamos. Sendo que a moral psicopática é o fundamento base do pensamento da esquerda (pois foi criado para sustentar essa doutrina), quando nos defrontamos com eles em debates, se não tivermos o preparo psicológico para nos defrontarmos com pessoas que manipulam e mentem como psicopatas evidentemente estamos em desvantagem. 

Nossa estrutura mental é feita para nos defrontarmos com pessoas que mentem uma vez ou outra e somos capazes de nos precaver de um bom número de ataques. Entretanto, não somos tão preparados assim se nosso oponente se comporta feito um psicopata. Por exemplo, uma pessoa normal praticando fraudes executa um evento no mundo, e nós gastamos esforço mental para decifrar essa fraude e expor ao público. Mas e se nosso oponente é capaz de lançar 25 fraudes em um discurso de 10 minutos? O resultado é que nós iremos nos dispersar a ponto de deixar escapar várias das fraudes feitas pelo oponente. Quando essas fraudes "passam" pelo nosso crivo, o oponente vence. 

Pois bem. A solução que defendo para solucionar esse problema é o estudo da mente de esquerdistas (especialmente da extrema-esquerda) da mesma forma com que tratamos todos os psicopatas. Mesmo que nem todos sejam clinicamente psicopatas, agirão como se fossem sempre que forem abordar assuntos da política. Nossa estrutura mental, portanto, precisa estar preparada para lutar contra alguém com capacidade de concatenar várias fraudes fraudulentas em sequência e apelar à diversas formas de manipulação emocional para tentar fazer o público percebê-lo como moral. Mas se nós estivermos cientes e psicologicamente preparados para que nosso adversário aja exatamente desta forma, seremos capazes de esperar o lançamento de fraudes a cada frase proferida e, em seguida, desmascará-lo adequadamente perante o público. 

Como isso é possível? A partir do momento em que reconhecemos estarmos diante de alguém que se comporta feito um psicopata, automaticamente vamos estudar sobre como funciona a mente do psicopata e como ele reage ao mundo. E, tenha certeza, ele não reage aos eventos do mundo como pessoas normais. A partir do reconhecimento dos principais padrões comportamentais dos adeptos da moral psicopática, podemos inclusive prever qual o próximo comportamento nosso oponente terá. Basicamente, pensaremos: "Como um psicopata faria para te enganar em situação X?". Em muitos casos, isso torna a identificação de fraudes muito mais ágil, em termos de percepção. Autores como Robert Hare e Martha Stout são bons guias nesse sentido. 

Para os psicopatas (ou pessoas que agem como um psicopata), limites são incompatíveis com o padrão "ético" que adotam. Tudo pode ser feito contra oponentes políticos. Por isso, é extremamente previsível que os membros do MAV incitem todas as atrocidades que passem pelas suas cabeças em suas interações virtuais. Nosso padrão ético não se aplica a eles. Para a escória do MAV, nós não passamos de um bando de ingênuos por ter como norte padrões de moral e ética. Para eles, incitar o assassinato de um ministro do STF e lançar campanhas de racismo contra ele são ações plenamente aceitáveis. Aliás, qualquer coisa é aceitável, pois é assim que a mente psicopática funciona. 

Exatamente por isso, não estou nem um pouco surpreso com a notícia de que um membro da Comissão de Ética do PT (bela "ética", não?) era um dos líderes das campanhas de ameaças de morte à Joaquim Barbosa. 






















Cancele a assinatura para não receber mais posts de Ceticismo Político.
Altere as configurações do seu e-mail em Gerenciar Assinaturas. 

Problemas para clicar? Copie e cole esta URL no seu navegador: 













Constituição Federal - Ela não pode ser Presidente

(116) Facebook


_

[Novo artigo] Coronel GOBBO – EXCELENTE CANDIDATO A PRESIDENTE DO CLUBE MILITAR




liciomaciel posted: "08:34 (Há 2 horas)para mimportuguêsinglês Traduzir mensagemDesativar para: português====================================================Amigos, ...não mais (nem menos) que um Oficial Superior, ...e um excepcional candidato à Presidência do Clube" 




Respond to this post by replying above this line 






New post on Blog do Licio Maciel 






Coronel GOBBO – EXCELENTE CANDIDATO A PRESIDENTE DO CLUBE MILITAR







08:34 (Há 2 horas) 




para mim 



português

inglês



Traduzir mensagem

Desativar para: português

====================================================

Amigos, 

...não mais (nem menos) que um Oficial Superior, 

...e um excepcional candidato à Presidência do Clube Militar.


Lembremos sempre: "O Clube Militar não é uma OM"









4. Defendendo os Interesses dos Militares




liciomaciel | 10 Maio, 2014 às 11:02 | Categorias: Uncategorized | URL: http://wp.me/p18NMH-25C












Unsubscribe to no longer receive posts from Blog do Licio Maciel.
Change your email settings at Manage Subscriptions. 

Trouble clicking? Copy and paste this URL into your browser: 













[Novo artigo] ARTIGO BOM DEMAIS PARA UM SIMPLES LINK




liciomaciel posted: " Bom Aldo Omar Vara - "paramilit​ares procurados pelas autoridade​s" "Foi uma honra pra mim poder ter comprometi​do minha vida, e arriscá-la​, durante esses longos anos de iniquidade​-selvageri​a. Foi uma honra oferecer meu apoio sacerdotal a u" 




Respond to this post by replying above this line 






New post on Blog do Licio Maciel 






ARTIGO BOM DEMAIS PARA UM SIMPLES LINK







Bom Aldo Omar Vara - "paramilit​ares procurados pelas autoridade​s" "Foi uma honra pra mim poder ter comprometi​do minha vida, e arriscá-la​, durante esses longos anos de iniquidade​-selvageri​a. Foi uma honra oferecer meu apoio sacerdotal a um empreitada tão difícil"


Importante principalmente porque foi enviada diretamente para você.

Clique para ensinar ao Gmail que esta conversa não é importante.







Entrada 













abilio.icarus 



02:01 (Há 6 horas)


















para Guilherme, faepa, João, evboas, pafiadache, renc.costa, newtonmousinho, Sergio, genevangelho, Armando, lucianocasales, acnkrieger, edson, urubata, eduardojbarbosa, hmale, camilocav, Sergio, Antônio, cavalaria59, milton.cav59, ruskydiver, vitorcesar2008, abreuabreu, umontezano









português




inglês



Traduzir mensagem


Desativar para: português







> FFORRAAAAPTTTT 



ASS_ Reunião Interclubes realizada no CAer (B.Tijuca-RJ)





Interessante as colocações do gen Álvaro Pinheiro, veio-me a mente as orientações do então cap Hélio de Oliveira Figueiredo ao cmt Patrulha momentos antes de sair pra efetuar uma prisão... minha 1ª missão real... nunca esqueci. Como, também, nunca esqueci a preleção do gen 9ª RM : 





"nunca devíamos esquecer-nos que estávamos lutando contra Irmãos-familiares-amigos mas, cumprindo, nós, um dever Constitucional, e, que muitos daqueles estavam ali ludibriados por maus brasileiros a soldo do comunismo internacional, e, que queriam tomar o poder pela força, etc, etc" 





Era jovem, muito jovem (19 anos), mas naquele tempo com esta idade tínhamos muito sentimento cívico, muito aflorado... o simples canto do Hino Nacional emocionava-nos. 


ESTAS COISAS CONTINUAM MUITO CLARAS em mim, apesar dos meus 69 anos!



->





Estado SP - 31 Mar 14








Comissão FFAA comemora Revolução DEMOCRÁTICA no RJ









por LUCIANA NUNES LEAL



A comissão que reúne os Clubes Militar-Naval-Aeronáutica escolheu a zona oeste da cidade pra sessão solene de comemoração aos 50 anos do movimento que derrubou o PR João Goulart.


A solenidade, seguida dum Almoço, aconteceu na unidade B.Tijuca do Clube de Aeronáutica.

"Não deixaríamos passar a data em hipótese alguma"...

...disse o pres Clube de Aeronáutica, brig Ivan Frota, que classificou a Cnv de "uma afronta à VERDADE".



"Há quase um massacre a um episódio da história que foi a participação dos militares. Nosso poder de comunicação é ínfimo diante da mídia, mas será a briga de Davi-Golias. A contrapropaganda é o que resta-NOS"... 

...discursou o pres Clube Naval, alte Paulo Frederico Dobbin. 



O alte Paulo Dobbin reclamou das edições dos jornais pelos 50 anos do golpe : 



"Da mesma maneira que apoiaram, agora criticam" 



O encontro, que reuniu cerca de 80 militares RRm, teve palestra do gen RRm Álvaro Pinheiro. 

Integrante da operação de repressão à resistência armada no Araguaia, o militar negou a execução sumária de guerrilheiros, e, disse que : 



"os 'companheiros despreparados' que torturavam os presos eram repreendidos. Matar alguém a 10m de distância (...) Sonho com todos eles. Mas, com orgulho imenso de ter feito... Pressão psicológica não é tortura, tem que ser feita sem que toque-se no Homem. Vimos lá 'companheiro despreparado' pegar o cara e encher de porrada, às x estava com raiva. Mas, destrói o cara e ele (o preso) perde a condição (de dar informações). A tropa que combate não pode torturar porque o moral vai embora" 



No detalhamento da ação no Araguaia, o gen Álvaro Pinheiro falou da importância do preparo psicológico dos militares : 



"Para missão desse tipo tem que ser matador, tem que atirar pra matar. Não tem tiro pra ferir" 



Ele mostrou notícias sobre ataques de organizações de combate à ditadura, como : 



- a bomba no aeroporto de Guararapes, em Recife-PE ; e 

- a bomba no QG II Ex, de SP . 



Falou, também, sobre 2 líderes comunistas : 



- Carlos Marighella ; e 

- Carlos Lamarca . 



Embora sustente que não houve guerrilha na resistência brasileira, ele lembrou que o Manual do Guerrilheiro Urbano, de Carlos Marighella, foi traduzido em 37 línguas, e, serve de inspiração pra vários movimentos extremistas atuais. 



"Carlos Marighella era extremamente talentoso (...) Confesso, muito secretamente, que de x em quando fico orgulhoso desse f.d.p. ser brasileiro"... 

...disse o gen Álvaro Pinheiro. 


Ao encerrar a sessão solene, o brig Ivan Frota lamentou que os militares tenham perdido politicamente. 





























"Infelizmente o governo proíbe comemorar coisas maravilhosas como essa. Perdemos na parte política. Hoje somos subordinados a uma política que não entende tudo que foi feito. Há 25 anos entramos no terreno da decadência, a fase do crescimento parou. e, passamos a andar pra baixo"...


...lamentou.



->



ASS_ Gen Álvaro - Nossos Patriotas não venderão-se ao assaltão vermelho.





Gen Álvaro comenta a ocupação do Complexo do Alemão no Canal Livre.



Gen Álvaro de Souza Pinheiro - Ex-cmt FE... um dos maiores especialistas em guerra irregular... FFAA não vendem-se ao assaltão vermelho.


Data: 22 Jan 11



O gen é entrevistado no Canal Livre por Fernando Mitre/Antônio Teles sobre o apoio dos militares às operações policiais de ocupação da favela Vila Cruzeiro/Complexo do Alemão.



São 7 blocos _





Comentários :






1) São apresentações como esta que dão-nos orgulho de sermos brasileiros e de termos jurado defender a Pátria.


Parabéns gen Álvaro pela sua excelente participação no programa ;

2) É papel de todos nós, militares-ou não/midiáticos/políticos/TODOS, sermos honestos/defendermos nossa Pátria/engrandecer nosso País ;





3) Situações extremas requerem medidas extremas.


Se as FFAA omitissem-se em 64, a situação hoje seria de calamidade.


Seríamos mais uma Cuba.


Essa entrevista foi uma VERDADEIRA aula ministrada por um Homem que acredita/dedica sua vida pelo BEM COMUM ;





4) Excepcional entrevista.


Parabéns a BAND e ao gen Álvaro.


O Brasil precisa de cidadãos que pensem como o gen Álvaro ;

5) Quero parabenizar a Band pelo brilhantismo ao escolher o gen Álvaro quanto aos 

esclarecimentos sobre vários pontos que ficaram obscuros ou foram tratados de forma antenuada pela OPINIÃO PÚBLICA. 


Ao assistir esta reportagem pude mais uma x orgulhar-me de ser brasileiro.


Parabéns a todos ;

6) Parabéns gen Álvaro.


A vibração ainda pulsa no peito do velho sd... no Brasil precisamos de governantes como o senhor pra ser SSP... e não amadores que temos hoje e que utilizam-se de cargos públicos pra promover-se.


Parabéns ao Canal Livre ;

7) Parabéns ao Jornalismo da BAND.


As operações realizadas no Complexo Alemão-Vila Cruzeiro atingiram apenas a pontinha dum gigantesco Iceberg.


Isto ficou muito bem entendido na rica explanação do gen Álvaro.


O restante desse gigantesco Iceberg enriquece, ilicitamente, personalidades políticas-policiais, a banda podre, que faz parte do nosso cotidiano.


Parabéns ao EB/MB/FAB/PMRJ/PF/PC-RJ por terem realizado, com êxito, as operações de combate ao narcotráfico... mesmo sendo usadas, disfarçada e maliciosamente, pra tapar o sol com a peneira.
É maravilhoso ver o EB em ação, pois é a ultima esperança dos brasileiros honestos, que infelizmente só preocupam-se em produzir riqueza pra defesa da balança comercial do PAÍS deixando de lado os assuntos políticos pros intelectuais.


Não imaginava, tempos atrás, que o maior perigo da extinção duma Nação poderia surgir principalmente pelos intelectos esquerdistas que com muitas facilidades distorcem os fatos-OPINIÃO PÚBLICA.
É por esse motivo que deixo os meus afazeres de agricultor um pouco de lado e venho contribuir com minhas humildes opiniões.
Obrigado gen ;





8) Tudo que o gen Álvaro e os jornalistas da BAND abordaram está correto, perfeito.


Só que o problema da segurança pública no Brasil é mais complexo, mais abrangente, e não restringe-se ao "Morro do Alemão".


Virou uma questão nacional, e como tal deve ter, aliás já deveria ter tido há muito tempo, uma abordagem de estado, governamental, a partir do PR.


Começa pelo resgate da autoridade, principalmente pelo exemplo, segue pela abordagem estratégica do problema, com firmeza/determinação/responsabilidade, concomitante a reformas estruturais em vários campos do poder, tornando isso um Objetivo Nacional Permanente.


Outra coisa, não vence-se uma guerra distribuindo flores, mas sim destruindo de x o inimigo.


E os menos capacitados a liderar essa guerra são os atuais políticos brasileiros.


Na VERDADE, eles são mais parte do problema do que da solução ;



9) Debate de raro alto nível.


Parabéns à BAND ;

10) Os responsáveis pelo estado de coisas a que chegou o RJ são pessoas que pensam exatamente como o cidadão do 3º "post".


Esquerdista/ideologicamente anacrônico/preconceituoso/mal informado, enfim, de visão equivocada/arcaica-inútil do mundo real ;

11) Parabéns a BAND pela escolha de seus convidados!
Os depoimentos vibrantes e de profundos conhecedores como os dos gen Álvaro/Heleno permitiram aos brasileiros conhecerem melhor o importante papel de nossas FFAA em qualquer situação que faça-se necessário.


Isto nos enche de orgulho!


Espero que o Estado Brasileiro faça-se presente pra possibilitar uma vitória após o sucesso desta batalha.


Brasil! ;



12) Como filha/neta/sobrinha/Irmã/tia de militares, fiquei orgulhosa de constatar o alto nível de conhecimento/capacidade de análise/preparo dos militares, da reserva-ativa, que mostraram neste programa o preparo de nossas FFAA pra enfrentar e, se DEUS quiser, vencer a escória do narcotráfico/banda podre das Instituições de segurança.


Deixem o EB mais algum tempo e a situação há de melhorar ;



13) Não poderia-se esperar outra coisa dum profissional da guerra, como o gen Álvaro.


Com seu altíssimo grau de conhecimento, principalmente, afeto aos Conflitos de 4ª Geração, o gen, de maneira clara, adverte-nos de que, NÃO PODE-SE IMPROVISAR NA ÁREA DA SEGURANÇA PÚBLICA, quanto às "técnicas"/"táticas"/"procedimentos" a serem empreendidos.


Quando identificamos essa improvisação no alto escalão do Estado, começamos aceitar como proféticas as palavras do gen FE :





"Essas coisas, costumam ser pagas com sangue"



Parabéns a BAND por não ter improvisado em sua bancada e no seu convidado.


Muito já foi falado sobre a excelência da entrevista do gen Álvaro.


Trata-se dum oficial de alto nível.


Parabéns ao Canal Livre.
O que está sendo negligenciado é a necessidade de mobilizar a sociedade no sentido de inibir o consumo.


Na minha opinião, os grandes responsáveis pela disseminação da droga no mundo são a classe média/classe A/classe artística, enfim os grandes CONSUMIDORES.


Sem cliente não há comércio.
O gen Álvaro é antes de mais nada um sobrevivente.


Levou um balaço nas costas na Guerrilha do Araguaia e hoje está aí, destacando-se por sua inteligência.
Grande entrevista.





"Quando os bons omitem-se o mal grassa..."





A História do nosso País jamais poderá acusar as FFAA de omissão.


Poderíamos até pecar por excesso, mas jamais por omissão.


Esse é o nosso compromisso.


Disso qualquer brasileiro deste País poderá orgulhar-se e saberá com quem contar nos seus momentos mais difíceis.


Parabéns ao gen Álvaro.


Parabéns à BAND ;

14) MENSALÃO não teve solução até hoje... satyagraha deu prejuízo pra quem queria resolver o problema... ex-presiMENTE DE MERDA/Dillma HAVANA/PT tem relações com as FARC.


E não pense que eu acredito que PSDB daria jeito não.


O SISTEMA é podre e só medidas drásticas podem resolver.


Em 64, as FFAA fizeram sua parte.


E se todos nós temos hoje LIBERDADE DE EXPRESSÃO pra falar o que quisermos é porque os militares tiveram coragem de fazê-lo ; 



15) Opinião corajosa dum Homem que vive o Brasil dia e noite... cada brasileiro deveria investir-se desta coragem moral e fazer valer os valores da correção de atitudes/pensar no bem maior em vez de só "olhar o próprio umbigo".


Alguns falaram que no período dos governos militares não havia LIBERDADE DE EXPRESSÃO ; e 



16) Pois bem... minhas congratulações aos gen Álvaro/Heleno, militares de exemplar postura profissional/grandes Patriotas, ao jornalismo da BAND que tem levado aos brasileiros pontos de vistas muitas x ofuscados pela força esquerdista, que ano após ano não esquece o passado.


Devemos viver o presente/preparar-nos pro futuro, com amor ao nosso solo Pátrio!
A falta de vergonha, de compromisso por parte dos líderes políticos desta Nação é notável, mas entristece-me mais ainda a omissão dos meus Irmãos brasileiros que permitem isso... afinal como pode, um aumento de 60%, vou dizer de novo 60%... aos deputados... enquanto temos de trabalhar anos a fio pra ter uma mísera aposentadoria ridícula.


Pagamos IMPOSTOS sobre IMPOSTOS pra crápulas políticos e sem compromisso poderem fazer fortuna sobre o suor do POVO brasileiro... está faltando civismo... afinal, o que pode um Romário, até mesmo Tiririca fazer por nós brasileiros... precisamos de pessoas compromissadas, como estes gen.


Acredito no Brasil e nos brasileiros .



->



Gen ex Leônidas - Entrevista _





"Guerra... não tem nada de bonito... a não ser a vitória ; quem começa a guerra não pode lamentar a morte... É ESSA RESPOSTA QUE VOCÊ QUER... É... ; duro de ouvir... é... vamos acabar com essa estória de tortura só dum lado... olhe... toma lá... dá cá... viu... ; até o momento da bomba de Guararapes não tinha corrido sangue no Brasil (atuação da AP-Ação Popular, Jul 66) ; ninguém foi preso impunemente... alguma coisa grave foi feita... ; nós não somos bandidos... somos SIM! sd de luta... ; o sd é 1 cidadão de uniforme pro exercício cívico da violência... no mundo inteiro... historicamente... GUARDE ESSA FRASE ..." 


por mininão


- - -


Gen ex LEÔNIDAS PIRES GONÇALVES _











->



Bom, II, Videla /// Entrevista - Matérias publ www.averdadesufocada.com




Carta dos presos políticos militares argentinos 



_ PRESOS DO EXÉRCITO EM PENITENCIÁRIAS FEDERAIS _





Estimados srs e camaradas :





Dirigimos-nos aos Senhores pela 1ª x, dizendo-lhes que conformamos um grupo ao redor de 400 of Exército Argentino, presos em diferentes Penitenciárias Federais de todo o País há já vários anos (em alguns casos mais de 6 anos), processados, e, alguns condenados pelas ações da Força na Guerra contra a subversão.





Pertencemos, a grande maioria, à faixa de promoções CMN que vão da 93-106, quer dizer, que em 76 encontrávamos-nos desde st (no 1º ano) a cap (no 2º-3º anos), isto é, todos of subalt.





Saibam que entre nós há Homens de destacada trajetória posterior em nosso Exército e outros já aposentados, no meio civil, Homens condecorados pelo Exército por suas ações na guerra contra a subversão, Veteranos e condecorados das Malvinas, cmt OM, Adidos Militares, etc..., todos hoje encontramos-nos processados e/ou condenados basicamente pelos "supostos delitos" de associação ilícita, detenções ilegais agravadas pelo tempo de sua duração e tormento ou tortura. Como podia um st integrar uma associação ilícita com seu cmt Brig e com seu cmt OM? Como podia um ten ordenar uma detenção ilegal e agravá-la no tempo? Tampouco tem resposta, e assim seguiríamos perguntado e respondendo o mesmo. Juridicamente, tema do qual falaremos, isto não tem nenhuma lógica, e no dizer popular, não tem pés nem cabeça.





Aqui existiu uma guerra e existiram ordens (nem legais nem ilegais), foram ordens. Nunca nos 4 anos de CMN nem nas "Escolas de Regimento" ensinaram-nos a analisar as ordens, senão a cumpri-las. Não existe nem nunca existiu no Exército a "teoria Balza". Nunca ensinaram-nos a diferenciar as ordens.





Entre os que encontramos nesta situação, há camaradas doentes, alguns com cânceres terminais, doentes psiquiátricos, outros com AVC, e, seria longa a gama das doenças, isto somado aos já mais de 100 camaradas mortos na prisão (o cel computa 193), alguns diante de nós.





A isto soma-se a dor, e, a enfermidade de nossas famílias, essa "grande família militar" da qual tanto falaram-nos e falamos. A dor não é só a de ver-nos presos e tratados como delinquentes comuns, senão a de ver-nos submetidos ao escárnio e à piada pública em diferentes MCS, nos traslados algemados ou nesses arremedos de julgamentos que são mais um circo romano que outra coisa. Que dizer de nossos filhos já Homens e Mulheres, alguns of ou cmt do EA? Saibam também que nossas Mulheres e filhos estão doentes, muitos em tratamento, por esta situação. A grande pergunta é : 





- até quando continuará esta vingança contra o Exército (não duvidem jamais que esse é o alvo!)? 





Por favor, nenhum queira acreditar ou pensar que é Justiça.





E também por favor, não deixem-se levar pelos que falam "deste novo Exército". O Exército Argentino foi e é um só, desde 29 Mai 1810 até nossos dias. A nenhum de nós ocorreu-nos renegar o Exército Libertador, do da Guerra com o Brasil, do da conquista do Deserto, do da guerra da Tríplice Aliança, do de Richieri, do de Perón ou do da Guerra contra a Subversão, e, a reconquista das Malvinas. Com as virtudes e defeitos de seus condutores, são o mesmo Exército de HOJE.





Não confundam-se! Não defendemos nem defenderemos o governo militar de 76/83, mas sim, sentimos-nos orgulhosos de haver sido parte da História do nosso grande Exército, derrotando a subversão, logro reconhecido na ocasião por toda a nossa sociedade (hoje desmemoriada) e por todo o mundo.





Somos Homens maduros, alguns doentes mas não estamos derrotados, lutamos como podemos por nossa LIBERDADE e por "nosso Exército", o de hoje e o de sempre. "Na história dos povos há lugares onde o Patriotismo e a valentia dão-se numa dimensão maior, como se a terra fosse mais fértil em produzir qualidade humana" (cmt Huber Matos).





Com toda humildade, tomamos pra nós estas palavras dum dos cmt Revolução Cubana, que pagou 20 anos de cárcere por sua discordância com Fidel Castro. Pedimos-lhe, como camaradas mais antigos, na maioria dos casos, que pensem não só em nós, senão em nosso Exército : 





- aonde vamos, pronde levam-nos, é este o caminho? 





Por favor, pensemos nisso. 





Não guiemos-nos pelos "supostos MCS" e naquele "a OPINIÃO PÚBLICA". Pra não falar no ar, encarregamos e pagamos, com a colaboração de muitos amigos, uma PESQUISA DE OPINIÃO (duma das melhores empresas de pesquisa do mercado e sobre o universo mais amplo possível) que apontou resultados realmente surpreendentes que queremos compartilhar com vocês, pra responder-nos a todas essas perguntas, das quais damos alguns exemplos :





1 - O Exército, em matéria de imagem de Instituições encontra-se no 3º lugar, depois da Igreja Católica e do jornalismo, ficando muito acima do Governo, dos grêmios, dos partidos políticos, etc... ;


2 - Outro dos temas é o do SMO (Serviço Militar Obrigatório), tão caro à sociedade, onde vemos que 60% dos pesquisados opina que deve voltar, duplicando a percentagem dos que opõem-se ;


3 - Em relação a nossos julgamentos pela Guerra contra a Subversão, quase 70% manifesta-se contra os mesmos, ficando reduzido só a 16% os que estão de acordo ;


4 - Além da polêmica que o tema provoca, 60% estima que seria positivo que as FFAA intervenham pra combater o narcotráfico, contra apenas 21% que manifesta-se contrária ; e


5 - Surpreendentemente, ante a pergunta se o Governo desarmou, e, colocou as FFAA em 2º plano, e se não estão equipadas nem em capacidade de defender a República, 68% manifestou-se de acordo com esta opinião .





Estimados camaradas, entendemos que este será o 1º contato dum diálogo, e, intercâmbio de ideias que de forma respeitosa pretendemos e esperamos ter com vocês. Solicitamos aos que queiram responder-nos de qualquer forma (anônima ou não), façam-o chegar à nossa direção eletrônica.





Despedimos-nos de vocês com o forte abraço de sd que corresponde.





_ PRESOS DO EXÉRCITO EM PENITENCIÁRIAS FEDERAIS _





Nota da tradutora :





Este artigo destina-se sobretudo aos militares brasileiros, pra que lembrem-se do seu passado, e, dos seus camaradas que hoje estão sendo julgados e amanhã poderão passar pelo mesmo que os militares argentinos estão passando hoje. 


E pra melhor ilustrar o texto acima, sugiro que assistam à esta brilhante, corajosa e emocionante alocução do sr cel Horacio Losito, por ocasião de seu julgamento. Quanta firmeza! Quanta hombridade! Estes heróis da Pátria, a maioria na faixa etária entre os 70-80 anos idade, estão sendo julgados com condenações que vão dos 30 anos até prisão perpétua. 


Enquanto os TERRORISTAS ASSASSINOS estão TODOS NO PODER.





Palavras finais do cel "VGM" Horacio Losito :












"UNA VERDAD A MEDIAS NO ES LA MITAD DE UNA VERDAD, ES UNA MENTIRA¨. JOSE M. ESTRADA.


->





ASS_ Bom Videla /// Entrevista - Matérias publ www.averdadesufocada.com














NOTÍCIA





Epitáfio dum general





por Alexandre Garcia







Gen Jorge Rafael Videla - 87 anos - encontrado morto na cela onde encontrava-se preso.







Morreu na prisão o gen Jorge Rafael Videla, condenado na Argentina a 2 prisões perpétuas. Cumpriu só 1, pois não tem 2 vidas. Se ainda tivesse, creio que faria tudo de novo. 


Morreu com a consciência tranquila de quem cumpre com o dever. Foi condenado porque assumiu tudo que atribuiu-se ao exército durante a guerra em que foram derrotadas 2 organizações que pretendiam estabelecer, no País, 1 regime igual ao de Cuba. Desde a morte dele, não li nos jornais nada que não fosse a história escrita pelos derrotados. 

Testemunhei parte da história real quando eu era correspondente JB em Países do Cone sul. 

O que vou contar está no livro que escrevi e que a Editora Globo lançou em 90, e, teve 12 edições, inclusive com várias semanas na lista dos mais vendidos. 

Nenhuma revelação de agora, portanto. 

Conheci o gen Videla numa recepção na embaixada do Brasil, em 75. Era gen-bda, sem comando, e, na conversa, disse que Brasil-Argentina desperdiçavam energias com a rivalidade, já que o verdadeiro inimigo estava dentro da Argentina, matando o povo pra aterrorizá-lo e tomar o poder, aproveitando-se do governo fraco da viúva de Perón. 

Católico praticante, ia à missa com comunhão todos os dias. Foi carola até nos filhos : - 9. 

Alto-magro, tinha o apelido de pantera-cor-de-rosa. 

Reencontrei-o 1 ano depois, quando eu cobria o encontro de exércitos das Américas, em Montevidéu. 

Ele já era cmt Exército. E confidenciou-me : 

"Olhe, hoje há 1 guerra interna na Argentina. Mas, 1 guerra estranha em que apenas 1 lado está lutando: o lado da guerrilha-terroristas ERP e Montoneros. Em breve, elles dominarão a Argentina- Cone sul, se não houver 1 reação. Vai ser preciso entrarmos nessa guerra. Vai correr muito sangue. Pode ser o meu sangue ou de alguns de meus 9 filhos. Mas, será preciso correr sangue, ou não teremos paz" 

Em 24 Mar 76, ele tirou a PR fraca sob o aplauso da Nação, entrou na guerra-venceu. 

Ameaçado, 10 dias antes eu mudara-me pra Brasília-DF, depois de ter sido sequestrado pelos Montoneros - a extrema esquerda - e perseguido de morte pela Triple A, a extrema direita. 

A partir de então, deixei de testemunhar os acontecimentos na Argentina. 

Agora leio as notícias da morte de Videla. Dizem que morreu de hemorragia causada por 1 queda na prisão. 

E todas as notícias responsabilizam-o por conduzir 1 guerra suja. 


Ora, a guerra suja já existia. 1 bomba posta na lanchonete perto de meu escritório na Calle Florida obrigou os bombeiros a lavarem com mangueiras o sangue na rua.

Metralhavam filas de ônibus pra que o povo respeitasse-os pelo terror. Tinham metralhadoras antiaéreas tchecas no território liberado de Tucuman; sequestravam-torturavam até a morte as suas vítimas.

Mantinham tribunais revolucionários com execuções em seguida.

Videla então entrou nessa guerra suja. E venceu.

Não perdoam-o por ter impedido um regime totalitário marxista na Argentina. 

Quanto a guerra suja, que guerra não é suja... nem mesmo as dos exércitos dos Papas. 

O lado aliado, na II GM, não relata a sujeira, porque a história é escrita pelos vencedores. 

Menos por estas bandas. _

->

Terra - 02 Mai 13

Entrevista Carlos Franklin Paixão Araújo _

Portal - Como foi a participação de vocês no assalto ao cofre do gov SP Adhemar de Barros...

Carlos Araújo - Não tivemos participação física no assalto. A participação minha-Dillma HAVANA foi na decisão de fazer a operação. Somos responsáveis, tanto quanto qualquer outro companheiro da direção do movimento, 

nós e mais 3, pela decisão de fazer o assalto. Avaliamos toda a operação, se era viável, mas não participamos do assalto em si porque não era atribuição do nosso setor.

Portal - Como vocês conseguiram trocar o $$$$ do assalto...

Carlos Araújo - Na época era muito $$$$, quase US$ 2.500.000... a gente precisava desse $$$$, tinha muita gente de outros Estados que foi pro RJ, porque lá era mais fácil pra alugar 1 apartamento, ninguém pedia documento, não queriam saber quem você era. Mas, era muita gente, estávamos precisando fazer praticamente 1 ação em banco por dia pra manter a estrutura do movimento. Porisso que decidimos fazer 1 assalto grande pra não precisar mais das ações nos bancos. US$ 1.000.000 nós levamos pra embaixada da Argélia, que ficou responsável por mandar pros companheiros que estavam passando por dificuldades, até passando fome lá fora. A outra parte a gente dividiu por setores e Estados também. Foi até engraçado, porque tínhamos 1 mala US$, mas não tínhamos $$$$ pra fazer nada, nós precisávamos trocar. Foi então que decidimos pegar 2 companheiras, que sabiam inglês, e ellas foram numa casa de câmbio atrás do Copacabana Palace. Colocaram as melhores roupas que tinham, eram Mulheres muito bonitas, e conseguiram trocar 1 pouco do $$$$. Outro dia conseguimos trocar 1 pouco mais. Mas, também tínhamos que tomar cuidado, porque já tinha saído no jornal. Foi então que, 72h depois do assalto, o Bradesco veio procurar-nos porque queria trocar todo o $$$$, com câmbio superior ao oficial... resolvemos encontrar-nos com elles, e, trocamos o restante do $$$$. 

Portal - 1 das jovens que trocou o $$$$ do assalto era a Dillma HAVANA...

Carlos Araújo - Sim, era a Dillma HAVANA. A outra era a Dodô, a Maria Auxiliadora, 1 médica que depois acabou matando-se na Alemanha. Eram Mulheres muito bonitas, fizeram o papel dellas sem problema nenhum. 






->

























->




























Ex-petista vomita os podres do Lula.

(Com dor no coração me sinto um idiota. De boas intenções o inferno tá cheio. O Brasil seria agora um novo inferno?)

José Guimarães dos Santos Silva – Jornalista

Se vocês, como eu, se consideram cidadãos brasileiros, são trabalhadores e ainda acreditam que o Brasil pode dar certo, peço alguns minutos de sua atenção para a leitura destas linhas, pois eleição é coisa muito séria!

Sou jornalista há 31 anos, fui militante do PT por 15 anos consecutivos e atuei junto ao Diretório Nacional do PT com sede na cidade de São Paulo.

Por esses motivos conheci e convivi pessoalmente com o Presidente Lula.

Votei no Lula em todas as eleições das quais ele participou. O Lula era tido por mim como um grande amigo e camarada, até o dia em que ele saiu da oposição e começou a governar.

Todos os princípios e idéias que compartilhávamos pelos quais lutávamos

foram traídos e abandonados pelo meu " width="312" height="196" />




 

Curta Fora Jean Wyllys

O jornalista Paulo Eduardo Martins, evangélico e comentarista da Rede Massa, afiliada do SBT no Paraná, participou nesta sexta (28) pela última vez do "Jornal da Massa", apresentado às 7 da manhã.

Em sua conta no Facebook, ele anunciou sua saída do matutino: "Amigos, hoje (28) fiz minha última participação no Jornal da Massa. Por uma decisão legítima da direção da Rede Massa, o telejornal não mais contará com comentaristas. Agradeço aos que acompanharam e compartilharam o programa, aos colegas de bancada Denian Couto, Ogier Buchi, Ruth Bolognese e também a todos da emissora por terem sustentado o formato que nos proporcionou fazer o debate e enfrentar as amarras culturais que envolvem a imprensa brasileira. Sigo como colunista do telejornal SBT Paraná. A vida segue".

No estado, a informação é de que ele teria sido afastado do noticiário por pressão do governo federal, que ameaçou retirar os patrocínios de estatais do programa. Paulo Eduardo é um crítico ferrenho do governo do PT, que ele chama de "comunista" e "ditatorial".

O notícia gospel, através do repórter Sandro Nascimento, entrou em contato com Paulo, que negou a versão que está correndo nas redes sociais.

Porém, ele disse que não está contente com fato e confessa que fazia algo diferente na TV brasileira, mas reafirma que sempre teve liberdade total nos comentários: "Sim, de fato eu e o outro comentarista, Ogier Buchi, fomos afastados do jornal. A empresa decidiu apostar em um formato mais convencional, apenas com notícias, apesar do programa ocupar o segundo lugar na audiência. Não posso dizer que estou contente, mas entendo como uma decisão legítima por parte da empresa. Ela têm liberdade para apostar nesse ou naquele formato. Sempre fui um crítico severo do governo do PT, mas não posso atribuir a mudança a uma intervenção do governo. Não tenho informação de nenhum movimento nesse sentido. Seria leviano da minha parte afirmar algo assim. Os recados chegam sempre de um ou de outro. É preciso reconhecer que o que vinha sendo feito não era lá muito comum no jornalismo televisivo. Lamento muito a mudança, pois o 'JM' nos proporcionou tratar de temas que a imprensa não tem interesse em tratar, como o Foro de São Paulo e o projeto totalitário do PT. E sim, sempre tive muita liberdade".

Por fim, Paulo Eduardo Martins declara que não foi demitido do canal, já que ele continua com uma coluna no noturno "SBT Paraná": "Eu continuo com a coluna no SBT PR, que é o telejornal noturno da emissora. Não fui demitido. Fui afastado do JM, que é o telejornal matutino. Ficou claro que um comentarista deve estar intelectualmente e emocionalmente preparado para realmente dizer e sustentar o que pensa, sem se assustar com bandos organizados e barulhentos que não compreendem a liberdade de expressão e ainda, que é preciso ter coragem e entender que a realidade dói e que a dor sempre causa reação".

Procurada pelo NaTelinha, a assessoria de imprensa da Rede Massa não retornou os contatos até o fechamento desta matéria.

A emissora, vale lembrar, pertence ao apresentador Ratinho, que a comprou em 2008. E é vice-líder isolada de audiência em todo o estado." width="396" height="394" />







...

[Mensagem cortada] Exibir toda a mensagem














DOSSIÊ GLOBONEWS - PARTE 1














DOSSIÊ GLOBONEWS - PARTE 2














DOSSIÊ GLOBONEWS - PARTE 3














DOSSIÊ GLOBONEWS - PARTE 4














DOSSIÊ GLOBONEWS - PARTE 5














DOSSIÊ GLOBONEWS - PARTE 6














DERECHOS HUMANOS EN ARGENTINA 2011 (HD)








liciomaciel | 10 Maio, 2014 às 08:06 | Categorias: Uncategorized | URL: http://wp.me/p18NMH-25A










Unsubscribe to no longer receive posts from Blog do Licio Maciel.
Change your email settings at Manage Subscriptions. 

Trouble clicking? Copy and paste this URL into your browser: 










“Na primeira noite eles se aproximam
e roubam uma flor
do nosso jardim.
E não dizemos nada.
Na segunda noite, já não se escondem:
pisam as flores,
matam nosso cão,
e não dizemos nada.
Até que um dia,
o mais frágil deles
entra sozinho em nossa casa,
rouba-nos a luz, e,
conhecendo nosso medo,
arranca-nos a voz da garganta.
E já não podemos dizer nada.”

"A Revolução Francesa começou com a declaração dos direitos do homem, e só terminará com a declaração dos direitos de Deus." (de Bonald).

Polonia by Augusto César Ribeiro Vieira


(95) Vídeos de Isso é Brasil

Fico imaginando como deve ser louvor dos anjos!! Assista e veja o porque!

Posted by Ronaldo Nunes de Lima on Segunda, 24 de junho de 2013

Este vídeo é a minha singela homenagem ao policial Civil do Distrito Federal, Carlos Eugênio Silva, conhecido como Dentinho, morto em um acidente nos EUA.Aproveito para agradecer o Governo e a Polícia Americana pelo exemplo de tratamento e honrarias dispensados a um policial morto. Espero muito que o Governo Brasileiro se espelhe neles e trate esse nosso guerreiro com o devido respeito e admiração em solo Brasileiro.Temos que aprender a reverenciar principalmente o velório de quem põe a vida em risco por nós e por nossos familiares, não apenas as celebridades da TV.

Posted by Marcos Do Val on Quinta, 9 de julho de 2015